terça-feira, 30 de julho de 2013

[Games] Relembre 7 jogos que fizeram muito sucesso nas lan houses

Durante o final dos anos 1990 e início dos anos 2000 as lan houses fizeram muito sucesso no Brasil, principalmente entre os gamers. Eram nas salas repletas de computadores que muita gente se reunia com os amigos para iniciar horas de jogatina. Entre uma partida e outra ainda aconteciam os famosos corujões, que levavam o pessoal a jogar por madrugadas a fio. Tudo isso não seria possível não fosse o sucesso de vários games de qualidade, com seus competentes modos multiplayer. Montamos uma lista para relembrar alguns destes jogos que marcaram a época de ouro das lan houses. 

Confira:


Counter Strike:
 
Não poderíamos começar a lista com outro jogo. Lançado em 1999 (sim, já faz 14 anos), o game na verdade era um mod de Half-Life. CS, como também é conhecido, é um dos grandes responsáveis pela popularização dos FPS, das lan houses e dos multiplayers online. Ele marcou uma geração com seus clássicos mapas, campeonatos e até mesmo as gírias como “operar” (ato de matar alguém com uma faca), “camper” (jogador que ficava escondido) e tantas outras.

Gunbound:
Lançado no Brasil em 2004, GunBound colocou muitos brasileiros em desafios contra chineses e coreanos que dominavam o game. Criado e desenvolvido pela Softnyx, até 2010 GB era licenciado pela Ongame, mas, depois voltou às mãos de sua criadora.
Podemos considerá-lo uma versão evoluída de Worms. O game 2D com gráficos bem desenhados é dividido em turnos nos quais os usuários devem escolher diversas estratégias e fazer cálculos para acertar os inimigos. O grande leque de armas e modos de jogo garantiam a diversão.

Tibia: 
Lançado pela CipSoft em 1997, Tibia é um dos mais antigos MMORPGs da lista. Os gráficos absurdamente simples ajudaram o game a se popularizar, já que não exigia muito dos computadores da época.
O sistema de jogo é rico e inteligente, assim como o modo PvP, que conseguia alimentar com equilíbrio a disputa entre os jogadores. No entanto, com o passar do tempo, games com gráficos melhores foram surgindo e Tibia passou a ser esquecido por muitos que desprezaram sua simplicidade.

RuneScape:
Lançado em 2001 pela empresa britânica Jagex, RuneScape conseguiu atrair mais de 200 milhões de jogadores e se eleger duas vezes como o MMORPG gratuito mais popular do mundo, segundo o Guiness World Records.
O grande diferencial era a possibilidade de rodar diretamente no browser, dispensando a instalação nos computadores mais limitados de uma década atrás. Mesmo assim, o jogo tinha gráficos relativamente bons para a época, além de um sistema bastante completo.

Ragnarok:
Baseado na HQ Ragnarok, de Lee Myung-Jin, o game foi um dos mais populares MMOs criados na Coreia do Sul, conquistando 25 milhões de jogadores ao redor do mundo. Publicado pela Level Up! no Brasil em 2004, foi uma verdadeira febre nas lan houses. Sua história interessante e os bonitos gráficos 2D eram alguns dos elementos que o colocavam como principal rival de Tibia. 

Warcraft 3:
Desde que foi lançado pela Blizzard, em 1994, Warcraft conquistou seu espaço como uma das mais populares e respeitadas franquias de jogos para PC. No entanto, um dos que mais fez sucesso foi Warcraft 3, com as expansões “Reign of Chaos” e “The Frozen Throne”.
Aqui também vale mencionar World of Warcraft, o MMORPG que ainda faz bastante sucesso, contando com 9,6 milhões de jogadores. Outro fruto bem-sucedido do universo Warcraft foi DoTa, disseminador do gênero Moba (Multiplayer Online Battle Arena), que atrai milhões de jogadores diariamente.

Mu Online:
Conquistou muitos jogadores em 2003, graças a seus gráficos superiores à média dos MMORPGs da época. Apesar do sucesso inicial, o game teve dificuldade em se manter relevante depois que foi licenciado para a K2 Network, duramente criticada pela má administração do título.

Fonte: Olhar Digital